ASP.NET MVC 6 – Inject (injetando um serviço em uma View)

Uma feature bem interessante do ASP.NET MVC 6 é que ele traz um container padrão para injeção de dependência(é possível alterar o container e configurar), entrarei em maiores detalhes sobre com funciona esta injeção de dependência em um próximo post. Neste post eu queria mostrar a possibilidade de injetar um serviço (uma classe) em uma View, e utilizar todos os recursos dela e do razor, incluindo async e await, para isto só precisaremos criar uma classe, registrar ela no injetor de dependência e utilizar um statement novo no razor, o “inject”  \o/

Continue reading

ASP.NET MVC 6 – TagHelpers

O Razor trouxe uma sintax muito mais simples para se utilizar no desenvolvimento web, com ele deixamos de utilizar os “<% %>” que eram necessários na view engine .aspx (Web Forms). Porém ainda era necessário converter e mudar o html puro para utilizar alguns helpers como:

@Html.LabelFor(model => model.Nome, new { @class = "control-label col-md-2" })
e
@Html.EditorFor(model => model.Nome)

para renderizar coisas simples como:

<label class="control-label col-md-2" for="Nome">Nome</label>
e
<input class="text-box single-line" id="Nome" name="Nome" type="text" value="">

Continue reading

ASP.NET MVC 6 – Razor com suporte ao Async e Flush

O Razor é uma view engine extremamente poderosa, com uma sintax simples e limpa de utilizar. Entre as novidades do ASP.NET 5 estão varias melhorias desta view engine (lembrando que o Razor é uma view engine independente do ASP.NET MVC, sendo utilizada para varias outras coisas).

Entre os principais recursos novos estão o suporte ao Async e o Flush parcial da resposta do html para o usuário, a idéia deste post é mostrar um pouco como estão estas duas novas features.

Async e Razor

Uma grande mudança foi a implementação do suporte ao desenvolvimento assíncrono também no Razor, com isto, podemos utilizar métodos ou até a nossa Model com Async, isto pode parecer um pouco estranho para alguns padrões de projetos MVC, mas vale lembrar que além do MVC o Razor é utilizado em varias outras coisas como geração de html para emails, entre outros usos.

Com isto podemos por exemplo, que nossa ViewModel utilize Tasks em propriedades e somente no momento de utilizar estes dados na View utilizamos o Await.

Continue reading

ASP.NET MVC 6 – View Components

Um conceito novo que o ASP.NET MVC 6 traz é o View Components, cuja ideia principal é ser algo parecido com uma partial view, porém com muito mais recursos como testabilidade, isolamento de conceitos. Basicamente é possível fazer uma comparação como um mini controller, que é responsável pela renderização de um bloco só da pagina. Exemplos de uso: dados do usuário, menus customizados, informações de últimos produtos, promoções, algo que possua uma lógica e implementação um pouco mais complexa que uma Partial View.

A estrutura básica de um View Component é composta de uma classe (geralmente que herde de ViewComponent) e um arquivo Razor.

Classe

Uma classe de View Component pode ser criada e configurada das seguintes maneiras:

  • Herdando de ViewComponent
  • Decorando a classe com o atributo [ViewComponent], ou herdando de uma classe que tenha este atributo
  • Criando uma classe com o padrão de nome que termine com ViewComponent. Ex: UltimasNoticiasViewComponent

Continue reading